Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/20 às 12h51 - Atualizado em 11/03/20 às 13h05

Taxistas ganham espaço de apoio no aeroporto de Brasília

Nova estrutura tem 140 m² e possui espaços de convivência, refeitórios e banheiros adaptados

 

Cerca de mil taxistas que prestam serviço na região do Aeroporto Internacional de Brasília começaram a usar o novo espaço de apoio cedido pelo Governo do Distrito Federal. O local inaugurado nesta quarta-feira (11) dará suporte aos trabalhadores que fazem atendimento na região e é resultado de negociações entre o Governo do Distrito federal (GDF), a Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob) e o sindicato da categoria.

 

Durante a cerimônia de inauguração do local, o governador do DF, Ibaneis Rocha, destacou a importância dos taxistas para a cidade. “ Estamos trazendo um benefício para uma categoria muito necessária, que atende turistas e pessoas da nossa cidade e que merecem todo o nosso respeito”.

 

A estrutura fica na via marginal que dá acesso ao aeroporto e possui área de 30.000  m². Já a construção tem 140m² e conta com quatro edificações de 35m² na forma de mobiliários urbanos destinados a banheiro masculino, banheiro feminino, sala de vivência, refeitório, e escritório para administração do local.

 

De acordo com o secretário de transporte e mobilidade do DF, Valter Casimiro, na estrutura antiga, os banheiros possuíam condições de ventilação e de iluminação inadequados e a área de vivencia possuía condições precárias que se agravavam em períodos de chuvas e de calor. “A Semob desenvolveu os projetos básicos de arquitetura e de engenharia para a nova estrutura com o objetivo de dar dignidade aos trabalhadores que utilizam táxis como instrumento de trabalho”.

 

A Inframérica, empresa que tem a concessão do aeroporto de Brasília, é a responsável pela obra.

 

 

Organização

 

Na nova área, o controle de veículos será de responsabilidade da Semob e de uma comissão formada por representantes dos taxistas. Já a fila que estabelece a ordem de atendimento no desembarque de passageiros será fiscalizada por auditores da Subsecretaria de Fiscalização, Auditoria e Controle, da Semob.

 

Funcionários do sindicato seguirão no desembarque do aeroporto, de onde informam via rádio a chegada de voos e a estimativa de quantos carros serão necessários. A partir daí, atendentes no ponto de apoio encaminham a quantidade de carros solicitada. O embarque será feito apenas em local devidamente identificado.