Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/06/20 às 17h09 - Atualizado em 5/06/20 às 17h35

Profissionais de saúde têm acesso gratuito no transporte coletivo durante pandemia

COMPARTILHAR

Semob enviou documento às empresas determinando esse acesso, desde que os trabalhadores apresentem crachá funcional, conforme previsto na legislação

 

Os profissionais de saúde têm acesso gratuito nos ônibus e no metrô durante a vigência do estado de calamidade decretado por conta da Covid-19. A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) determinou, em circular, às empresas do sistema de transporte público coletivo que liberem o acesso imediato para esses funcionários, desde que apresentem crachá de trabalho para identificação.

 

As normas para liberar o acesso gratuito de médicos e profissionais de enfermagem estão estabelecidas na Lei nº 6.592, publicada nessa quinta-feira (4), no Diário Oficial do DF.

 

Desde o dia 18 de maio, com o início da reabertura gradual do comércio, as empresas de ônibus estão utilizando toda a frota para cumprir a tabela normal de viagens.

 

Como as atividades escolares continuam suspensas, a Semob determinou que os ônibus que atendem setores onde o público é formado prioritariamente por estudantes fossem remanejados, nos horários de pico pela manhã e à tarde, para reforçar as linhas mais demandadas, como aquelas que ligam o Plano Piloto às demais regiões do DF.