Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/09/19 às 12h34 - Atualizado em 5/09/19 às 18h45

Melhorias para os passageiros do DF e do Entorno são tema de seminário

COMPARTILHAR

Durante o evento, Secretário da Semob, Valter Casimiro, defendeu o aumento da oferta de ônibus para priorizar o transporte coletivo

 

Ampliação das faixas exclusivas, aperfeiçoamento da integração e aumento da oferta de ônibus foram algumas das ações elencadas pelo Secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, para melhorar a qualidade do serviço prestado aos passageiros, durante o seminário “O Transporte Público Coletivo no DF e Entorno”, nesta quarta-feira (4).

 

“Precisamos priorizar o transporte coletivo perante os veículos individuais. Para isso, é necessário aumentar a frota de ônibus e aperfeiçoar todo o sistema”, defendeu Casimiro, durante o painel “Os desafios do transporte público no DF e Entorno”.

 

Para ele, o aumento da quantidade de ônibus também deve levar à ampliação das faixas exclusivas. “A ideia é fazer a ampliação dos corredores para a Hélio Prates, Eixo Monumental, Eixo Norte, São Sebastião e Elmo Serejo. Precisamos fazer alguns ajustes de engenharia para aumentar essa malha de faixas e dar prioridade aos ônibus”, complementou. 

 

O secretário lembrou que o aperfeiçoamento da integração é primordial para melhorias do sistema e destacou que as mudanças recentes da bilhetagem, cuja gestão está sendo transferida para o BRB, já estão surtindo efeito. “Desde a última segunda (2), a quantidade de postos para comercializar os cartões de bilhetagem ganhou o reforço de 40 unidades”, exemplificou.

 

A concessão de estacionamentos públicos e do Metrô para a iniciativa privada; investimentos para ampliar o BRT para diversas regiões; construção de terminais; integração da malha cicloviária existente e construção de terminais também foram algumas das ações propostas pelo secretário a fim de melhorar o sistema.

 

Por sua vez, o presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (Amab), Hildo Candango, defendeu a criação de um consórcio para integrar o transporte coletivo de mais de 30 municípios que compõem a Região Integrada de Desenvolvimento do Entorno (Ride).    

 

Segundo ele, proposta semelhante reúne os municípios nordestinos de Timon (MA) e Teresina (PI) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). “Nossa intenção é que a gestão do transporte semiurbano fique sob responsabilidade dos municípios em parceria com os governos do DF e de Goiás, abordando a fiscalização do transporte público e a integração entre as linhas”, acrescentou.

 

Candango lembrou que atualmente as linhas de ônibus do Entorno não fazem integração com o transporte da capital e defendeu a implantação de faixas exclusivas para diminuir o fluxo de ônibus nas pistas, reduzindo os congestionamentos e o tempo de locomoção dos passageiros.

 

“A gente precisa de ter os pais mais próximos de seus filhos; gastando menos tempo para se locomover de casa para o trabalho. Defendemos a criação de um transporte de melhor qualidade e acessível à população”, finalizou. 

 

O seminário

O seminário “O Transporte Público Coletivo no DF e Entorno” tem como objetivo discutir a qualidade do sistema, os desafios enfrentados e a integração entre os modais, além de outros temas fundamentais sobre o transporte público. O evento, que acontece no IESB da Asa Norte nos dias 4 e 5 de setembro, é uma iniciativa do Instituto do Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público de Qualidade para Todos – MDT.