Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/13 às 12h14 - Atualizado em 7/11/18 às 15h05

Candidatas a operar as bacias 1, 3 e 4 entregaram documentação e propostas financeiras nesta segunda-feira (4). Entre elas, cinco atuam fora do DF

COMPARTILHAR
Candidatas a operar as bacias 1, 3 e 4 entregaram documentação e propostas financeiras nesta segunda-feira (4). Entre elas, cinco atuam fora do DF

A licitação do novo Sistema de Transporte Público Coletivo (STPC) do Distrito Federal recebeu, nesta segunda-feira (4), as propostas das 11 empresas interessadas em operar as bacias 1, 3 e 4 (veja abaixo a relação de regiões atendidas). Entre as candidatas que se apresentaram no auditório do Departamento de Estradas de Rodagem, pelo menos cinco são de outros estados. O edital foi reaberto no dia 2 de janeiro de 2013.

 

Só passarão para a próxima etapa as empresas que estiverem com a documentação regular, conforme análise da Comissão Especial de Licitação. Quem não concordar com o resultado poderá recorrer. Após o período para recursos, as propostas financeiras das bacias 3, 4 e 1 serão abertas nessa ordem.

 

Não há prazo determinado para que a comissão avalie a documentação. No entanto, o governador Agnelo Queiroz determinou que essa análise seja feita o mais rápido possível. “A habilitação das empresas é a fase mais demorada, mas faremos um esforço para concluí-la ainda neste mês”, afirmou o secretário de Transporte, José Walter Vázquez. “Tenho a convicção de que, em breve, 3 mil novos ônibus estarão nas ruas. A cada dia, Brasília se aproxima da conquista de um transporte digno”, destacou.

A Viação Planalto Ltda., que também apresentou propostas hoje, tentou suspender novamente a licitação do Transporte, como fez nas concorrências pelas bacias 2 e 5. Nesse fim de semana, a empresa de Wagner Canhedo entrou com uma liminar que foi julgada improcedente até mesmo pelo presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o desembargador João de Assis Mariosi.

Para o secretário de Transporte, isso mostra que o governo está no caminho certo. “Muitos não acreditavam que conseguiríamos, mas vencemos nova batalha ao reabrir o edital e atrair empresas grandes, de outras partes do país. Nossa meta vai além de substituir a frota de ônibus: queremos prestar um serviço de qualidade para o cidadão”, assegurou José Walter Vázquez.

Bacias contratadas – O GDF assinou, em dezembro de 2012, os contratos das bacias 2 e 5. As vencedoras foram a Viação Pioneira e a Expresso São José, únicas empresas habilitadas na fase de apresentação de documentos e propostas financeiras.

A Viação Pioneira será a responsável pela Bacia 2. Ao todo serão 640 ônibus para atender as cidades do Gama, Paranoá, Santa Maria, São Sebastião, Candangolândia, Lago Sul, Jardim Botânico, Itapoã e parte do Park Way. Já a Expresso São José venceu a concorrência pela Bacia 5 e vai operar, com uma frota de 576 veículos, nas regiões de Brazlândia, Ceilândia, SIA, SCIA, Vicente Pires e parte de Taguatinga.

 

Confira as regiões atendidas pelas bacias que serão licitadas:

 

Bacia 1: Brasília, Sobradinho, Planaltina, Cruzeiro, Sobradinho II, Lago Norte, Sudoeste/Octogonal, Varjão e Fercal – Frota: 417 ônibus

 

Bacia 3: Núcleo Bandeirante, Samambaia, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II – Frota: 483 ônibus

 

Bacia 4: parte de Taguatinga e do Park Way, Ceilândia, Guará e Águas Claras – Frota: 464 ônibus

Lista de candidatas

Empresas proponentes

Propostas apresentadas

Viação Piracicabana Ltda.

Bacia 1

Consórcio Grupo Empresarial Sogima

Bacias 1 e 4

Viação Marechal Ltda.

Bacias 1, 3 e 4

Transportes OK Ltda.

Bacias 1, 3 e 4

Taguatur

Bacias 1, 3 e 4

Consórcio HP-Ita

Bacias 1, 3 e 4

Viação Planalto Ltda.

Bacias 1, 3 e 4

Viação Cidade Brasília

Bacias 1, 3 e 4

CooperBrasil

Bacias 1, 3 e 4

Consórcio Metropolitano

Bacias 1, 3 e 4

Empresa de Transportes Vera Cruz

Bacia 1