Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/10/19 às 16h03 - Atualizado em 11/10/19 às 16h04

Tarifas técnicas das empresas de ônibus passam por revisão

COMPARTILHAR

Medida da Semob prevê economia de R$ 40 milhões aos cofres públicos

 

A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) está revisando as tarifas técnicas das empresas de ônibus que operam no DF para adequá-las aos contratos vigentes, uma vez que o cálculo dos valores estava sendo feito com base em estudos da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que desconsidera as propostas feitas à época da licitação.

 

A revisão do valor da tarifa técnica é uma previsão contratual e tem como objetivo manter o equilíbrio econômico e financeiro do contrato. A estimativa é que a economia aos cofres públicos supere R$ 40 milhões em consideração ao valor atual, tendo em vista que a metodologia que estava sendo utilizada causa prejuízo aos cofres públicos.

 

A tarifa técnica corresponde ao valor real da passagem, considerando os custos do transporte, como combustível, índices inflacionários e salários dos rodoviários. O passageiro paga apenas uma parte desse valor, e o GDF arca com a diferença, que é repassada às empresas por meio do complemento tarifário.

 

Atualmente, o DF é atendido por cinco concessionárias de ônibus, que possuem uma frota de 2,7 mil coletivos.