Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/09/19 às 14h41 - Atualizado em 19/09/19 às 20h18

Semob recebe dois estudos para implantação da Zona Verde

COMPARTILHAR

Projeto escolhido vai servir de base para implantar estacionamentos rotativos no DF

 

A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) recebeu dois estudos para implantação de estacionamentos rotativos pagos no DF, a chamada Zona Verde. O prazo para entregar os projetos se encerrou nessa terça-feira (17). O estudo escolhido vai servir de base para a licitação da concessão.

 

O próximo passo agora será a análise, por uma comissão da Semob, do material entregue pela Rizzo Parking and Mobility S/A e pelo grupo BF Capital Assessoria em Operações Financeiras Ltda/Granpark Informática e Gestão de Estacionamento 145df Ltda.

 

Após essa etapa, caso seja necessário, a pasta solicitará ajustes no projeto escolhido para que seja apresentado em audiência pública para futuros usuários, potenciais licitantes e demais interessados. Após a audiência, o estudo será submetido ao Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). Em seguida, será divulgado o edital de licitação.

 

Ao todo, 12 empresas ou associações de empresas manifestaram interesse em preparar o estudo sobre a Zona Verde, nove foram autorizadas e duas apresentaram efetivamente as propostas. Só foram autorizadas as empresas que comprovaram experiência com operação de estacionamento e elaboração de estudos para parcerias.

 

Zona Verde

O objetivo do projeto Zona Verde é estimular o uso do transporte público, bem como utilizar, de forma mais eficiente, espaços e serviços públicos.

 

A ideia é criar bolsões de estacionamento privilegiando locais próximos dos transportes coletivos – estações de metrô, do VLT e de paradas de ônibus com maior fluxo de pessoas – com uma tarifa mais baixa nas regiões administrativas, além de reforçar as linhas de ônibus e a integração nesses locais.