Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/09/19 às 15h27 - Atualizado em 27/01/21 às 14h29

Pontos de Parada

COMPARTILHAR

 

 

Pontos de parada

 

São locais destinados ao embarque e ao desembarque de passageiros. São classificados em:

 

• Pontos com abrigos – apresentam infra-estrutura (piso/cobertura).

• Pontos com placas – possuem apenas uma placa indicativa de ponto de parada.

• Pontos habituais – não possuem qualquer indicativo ao ponto, mas por hábito tornaram-se ponto de parada.

 

Pontos de parada no Distrito Federal

 

O DF possui 4.943 pontos de parada:

→ 3.038 possuem abrigos

→ 1.232 são pontos habituais

→ 673 são placas de sinalização de parada

 

Confira aqui  os pontos de parada por região administrativa.

 

Confira aqui os modelos de pontos de parada existentes no Distrito Federal.

 

Solicitação de novos abrigos

 

Ligue no telefone 162 ou clique aqui.

 

Critérios utilizados para instalação de novos abrigos

 

– Pesquisas realizadas por técnicos da Secretaria de Transporte e Mobilidade,

– Solicitações da população coletadas por meio da ouvidoria,

– Indicações das Administrações Regionais.

 

Instalação de novos abrigos

 

Há um processo licitatório em andamento que prevê a contratação de empresa especializada de engenharia para manutenção, reparação, fornecimento e execução de abrigo de passageiros de ônibus e acessibilidade, na área atendida pelo Sistema de Transporte Público do Distrito Federal.

 

Histórico:

 

2018 

– 300 abrigos implantados no DF.

 

 2019

– 162 abrigos implantados: Brasília (13), Santa Maria (7), Riacho Fundo II (31), Riacho Fundo I (1), Recanto das Emas (32), Samambaia (34), Taguatinga (35), Candangolândia (1) e Guará (8).

 

 2020

– 104 abrigos implantados.

– 158 abrigos revitalizados na Asa Sul, Asa Norte e Cruzeiro Velho.

– Limpeza de 825 abrigos como forma de intensificar o combate ao mosquito transmissor da Dengue.

 

 2021

– Está prevista a implantação de 425 novos abrigos, a reforma de 650 e a substituição de outras 100 estruturas que estão mais desgastadas. Todas as regiões administrativas do DF serão beneficiadas.