Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/12/15 às 20h26 - Atualizado em 19/09/19 às 15h48

Ônibus terão mudanças de horários em período de férias

COMPARTILHAR

Foto: Gabriel Jabur/Agência BrasíliaÔnibus terão mudanças de horários em período de férias

 

 

 

De segunda-feira (21) a 13 de fevereiro, os horários de 300 linhas de ônibus — do total de 1,1 mil — que atendem as 31 regiões administrativas de Brasília serão alterados. A frequência dos coletivos no período de férias é modificada todos os anos, devido à diminuição da procura pelo serviço.

Neste ano, a medida foi baseada em um estudo do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) que levou em conta a reposição de aulas na rede pública de ensino, prevista para até 16 de janeiro, em função da greve dos professores encerrada em 12 de novembro.

Os novos horários poderão ser pesquisados no sistema de busca do site do DFTrans. Basta que o passageiro digite no campo indicado a linha sobre a qual quer informações.

Economia
Com a iniciativa, a autarquia economizará no custo operacional. “É uma operação preliminar e, caso haja necessidade, pode ser mudada”, resume o diretor-geral do DFTrans, Léo Carlos Cruz. Técnicos da autarquia vão monitorar a situação e eventualmente adequar os horários com base na demanda.

Quem quiser sugerir alterações pode entrar em contato com o Transporte Urbano do Distrito Federal pelo telefone 162 ou pelo site da Ouvidoria-Geral do DF. “É importante que os usuários nos avisem para que ajustemos rapidamente qualquer possível falha”, diz o diretor-geral.

Troca de operadoras
Também a partir de segunda-feira (21), haverá mudanças nas empresas de seis linhas que saem do Gama e de Santa Maria para Águas Claras, Ceilândia, Taguatinga e para o Guará. As de número 0.215, 0.216, 0.234 e 260.3, antes de responsabilidade da Pioneira, passarão a ser operadas pela Marechal. Já a Pioneira fará a 0.225 e a 205.1, que eram da Marechal.

As modificações não afetarão o horário, a rota e o tipo de ônibus que atende cada linha. “Os passageiros só precisam ficar cientes de que a cor dos ônibus será diferente”, avisa o diretor-técnico do DFTrans, Márcio Antônio de Jesus.

Fonte: Agência Brasília