Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/07/15 às 18h32 - Atualizado em 7/11/18 às 16h37

Nota – Cooperativas

COMPARTILHAR

A Secretaria de Mobilidade (Semob) informa que está em negociação com as cooperativas e com o Sindicato dos Rodoviários há quase um mês. Para que o usuário não sofra com a interrupção do serviço, o DFTrans, a pedido da Semob, estuda a implantação de um plano emergencial para as empresas operarem gradativamente nas linhas abandonadas pelas cooperativas. Até o fim deste mês, por exemplo, começa a operação em Sobradinho e Planaltina, onde a empresa que atua na bacia reativará as linhas deixadas de operar pelas cooperativas. As seis cooperativas que operam no DF contam com 350 microônibus e 160 ônibus e atendem a 109 linhas. As cooperativas atuam em cinco bacias do DF e realizam cerca de 300 mil viagens por dia. Aproximadamente cem mil pessoas são afetadas com a paralisação.