Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/13 às 14h44 - Atualizado em 5/02/13 às 14h44

INTEGRAÇÃO: Cerca de 60 mil viagens já realizadas

COMPARTILHAR

Para ter acesso ao benefício, passageiro deve possuir cartão do SBA

Cerca de 60 mil viagens integradas foram realizadas nesses 15 primeiros dias de funcionamento de integração de ônibus. Contudo, ainda é grande o número de usuários que deixam de ter acesso ao benefício por pagar a passagem em dinheiro. Na primeira semana de operação – entre os dias 21 a 27 de janeiro –, foram registradas mais de 25 mil integrações. Já entre os dias 28 de janeiro e 3 de fevereiro, foram mais de 30 mil.

Para utilizar o novo serviço, é necessário o uso do cartão do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA), que pode ser o Bilhete Único, comercializado nos postos de conveniência do Banco de Brasília (BRB), ou o que já é utilizado pelos passageiros – Passe Livre Estudantil, Vale Transporte, Especial para Portador de Necessidade Especial ou o Cartão Cidadão.

Com o cartão, o cidadão realiza duas viagens e paga apenas 3 reais. Caso pague em dinheiro, o valor gasto será de 5 reais. Isso acontece porque o validador dos ônibus só entende a integração quando a viagem é feita com cartão.

A integração começou a funcionar no dia 21 de janeiro e é utilizada por pessoas que se deslocam de Ceilândia e Taguatinga, com direção ao Plano Piloto, Guará, Octogonal, Núcleo Bandeirante e Rodoviária Interestadual.

O serviço oferece aos usuários de ônibus mais opções de viagens, com trajetos mais rápidos, inclusive, pela faixa exclusiva de ônibus da Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

A ideia da integração é que os passageiros, após desembarcarem de um ônibus circular, peguem uma linha de ligação, que faz trajeto pela EPTG, desde o centro de Taguatinga ao Plano Piloto (Eixo Sul, Rodoviária do Plano Piloto e W3), Guará, Rodoviária Interestadual e Núcleo Bandeirante. Da mesma forma, estas novas linhas se integram, no sentido inverso, com as linhas circulares.

Os passageiros poderão buscar o novo serviço nos dias de semana (das 8h às 17h), aos sábados (das 8h à meia-noite), e aos domingos e feriados (das 6h à meia-noite).

Ajustes – A integração está passando por ajustes para dar mais conforto aos usuários. Diariamente, os técnicos do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) monitoram o novo sistema e fazem levantamento das demandas da população.

Uma das medidas já tomadas foi a afixação de cartazes nos abrigos do centro de Taguatinga indicando que linhas param em cada um deles. Outra mudança implementada, visando aumentar a pontualidade das viagens, foi a modificação do local para fazer o controle dos veículos que fazem a integração, que passou a ser feito no estádio Elmo Serejo Farias, o Serejão.

Dúvidas – Para auxiliar a população, há equipes do SBA/DFTrans na região beneficiada pela integração esclarecendo dúvidas dos usuários e prestando informações sobre o novo serviço, inclusive com a distribuição de panfletos.

O serviço está sendo prestado na região central de Taguatinga, Rodoviária do Plano Piloto, W3 Sul (paradas do Pátio Brasil, Setor de Rádio e TV e Setor Hospitalar), W3 Norte (no ponto de soltura da 716) e Octogonal.