Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/07/15 às 19h08 - Atualizado em 7/11/18 às 16h42

Faixa exclusiva da EPTG volta a ser restrita a partir de 1° de agosto

COMPARTILHAR

Pista no sentido Taguatinga–Plano Piloto estava liberada desde o início de julho, em razão de obra da Caesb

 

A construção de um muro de proteção para adutora de água na Estrada Parque Taguatinga (EPTG) terminou. Assim, a partir da 0 hora de sábado (1°), a circulação de veículos não autorizados volta a ser proibida na pista exclusiva de ônibus no sentido Taguatinga-Plano Piloto. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) havia liberado a faixa exclusiva em razão da necessidade de interdição de uma pista para a obra. Agora, os ajustes que ainda são feitos não requerem mais interrupção do trânsito.

A obra da Companhia de Saneamento do Distrito Federal (Caesb) fica na altura da Residência Oficial de Águas Claras. Foram interditados 500 metros de acostamento e de uma faixa da via principal, no sentido Taguatinga-Plano Piloto. O objetivo da intervenção é melhorar a segurança da adutora de água que abastece 300 mil pessoas. São moradores dos Guarás I e II, do Setor Lucio Costa, da Superquadra Brasília (SQB) e da Colônia Agrícola Águas Claras, incluindo todas as chácaras. O abastecimento de água da região não foi interrompido.

O trabalho começou em 6 de julho e está sendo concluído antes do prazo inicialmente previsto, de 30 dias. Só falta cobrir de terra a adutora, nivelando o terreno entre o muro de concreto e a pista marginal da EPTG. Em seguida, será feito o plantio de grama. Por precaução e segurança dos trabalhadores e dos usuários da pista, o acostamento ficará sinalizado apenas num trecho de aproximadamente 120 metros, onde colaboradores da Caesb trabalham até o fim da semana que vem.


Da Agência Brasília, com informações da Companhia de Saneamento Ambiental e do Departamento de Estradas de Rodagem do DF 30 de julho de 2015 – 14:38