Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/10/20 às 12h24 - Atualizado em 23/10/20 às 12h30

Empresas são habilitadas em concorrência para obra da rodoviária do Itapoã

COMPARTILHAR

 

Semob conclui mais uma etapa da licitação do terminal

 

Seis empresas de engenharia e construção foram selecionadas pela Secretaria de Transporte e Mobilidade, para continuarem na concorrência pública pela obra do terminal do Itapoã. A seleção, feita pela Comissão Especial de Licitação com base em critérios do edital, foi publicada no Diário Oficial do DF, nesta sexta-feira (23). Com mais essa etapa concluída, a previsão é que a obra seja licitada ainda este ano.

 

A rodoviária do Itapoã é uma obra bastante esperada pelos usuários de transporte público. A cidade ainda não possui terminal e os moradores reclamam da falta de segurança e da dificuldade em tomar ônibus, sobretudo nos dias chuvosos como nessa época do ano. O governador Ibaneis Rocha determinou prioridades para obras nessas condições. O investimento do GDF é de R$ 3,9 milhões, com previsão de gerar 60 empregos diretos e indiretos.

 

O terminal do Itapoã será construído na Área Especial, quadra 203, ao lado da garagem de ônibus que, atualmente, é utilizada pela concessionária que atende o local.

 

O novo espaço vai beneficiar cerca de 65 mil pessoas e será construído em um terreno com 9,5 metros quadrados que contará com 6 plataformas, 6 pontos de estocagem, 33 vagas para veículos, 20 vagas para motos, paraciclos, banheiros com acessibilidade, lanchonete, bicicletário e salas administrativas.

 

Atualmente, a cidade do Itapoã é atendida por 3 linhas com 111 viagens. Com a nova estrutura, outras linhas sairão da região oferecendo ampliação na oferta. As linhas que atendem o Condomínio La Font e o Terminal do Paranoá também passarão pelo local. Além disso, o novo terminal também passará a atender o residencial Itapoã Parque que está em fase acelerada de construção.