Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/01/13 às 13h19 - Atualizado em 7/01/13 às 13h19

DFTrans instala 490 novas paradas de ônibus no DF

COMPARTILHAR

Obras beneficiam moradores de 27 regiões administrativas

O Distrito Federal ganhará 490 novos abrigos para passageiros em 27 regiões administrativas. A medida busca oferecer mais conforto aos cidadãos que utilizam o transporte público. A durabilidade das novas paradas, feitas em concreto, é de até 25 anos. O investimento previsto é de aproximadamente R$ 6,2 milhões.

De acordo com o diretor-geral do DFTrans, Marco Antonio Campanella, a ação pretende suprir parte da carência de 2 mil novos pontos de ônibus no DF. “Nossa meta é zerar esse déficit no período 2013 e 2014”, define Campanella. “A medida representa um fator importante para quem precisa se proteger da chuva e do sol enquanto espera o ônibus”, completa.

As obras dos novos abrigos para passageiros já foram concluídas em Ceilândia, Gama, Santa Maria, Recanto das Emas, Taguatinga, Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) e Riacho Fundo I e II, que receberam, juntas, 163 abrigos. Os serviços estão em andamento em Águas Claras, Brazlândia, Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA), Vicente Pires, Núcleo Bandeirante e Park Way. A previsão é que as obras fiquem prontas até o próximo dia 11.

As demais regiões administrativas – Brasília, Fercal, Guará, Jardim Botânico, Lago Norte, Paranoá, Planaltina, Samambaia, São Sebastião, Sobradinho I, Sobradinho II, Varjão e Itapoã – devem receber os novos equipamentos públicos até fevereiro. As cidades não contempladas nesta fase devem ser beneficiadas até o final de 2013.

Os pontos de ônibus são instalados a partir de estudo realizado em parceria com as administrações regionais. Por meio dele, são determinadas as cidades e os locais onde devem ser construídos.

Segundo o diretor-geral do DFTrans, está prevista, ainda neste ano, a licitação para reformar 800 paradas de ônibus. Outras medidas que buscam melhorar o sistema público de transporte do DF são a continuidade da implantação dos corredores exclusivos e a colocação de lixeiras nas paradas. Também há previsão de melhorias de acessibilidade nos abrigos para passageiros.


Confira no quadro abaixo a quantidade abrigos em cada cidade: