Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/03/20 às 17h16 - Atualizado em 13/03/20 às 17h27

Coronavírus: Brasília se adequa a uma nova rotina

Depois de o Governo do Distrito Federal (GDF) decretar a suspensão das aulas por cinco dias e anunciar medidas preventivas de combate à proliferação do Covid-19, vários órgãos públicos se mobilizaram para evitar aglomerações desnecessárias de pessoas.

 

Nesta sexta-feira (13), o Tribunal de Contas do Distrito Federal seguiu providências semelhantes às adotadas pela Câmara Legislativa e suspendeu sessões abertas ao público, restringiu o acesso ao edifício-sede e vedou viagens de servidores a trabalho.

 

As medidas foram publicadas no Diário Oficial do DF, como o objetivo de reduzir o risco de disseminação e contágio com o coronavírus – o Covid-19. O órgão também autorizou os servidores a desempenhar as atividades de suas próprias residências.

 

“Dar prioridade à modalidade teletrabalho, flexibilizando-se os requisitos de metas adicionais de desempenho e as restrições de quantidade de servidores referentes a este regime de trabalho”, destaca o documento, numa recheada lista de medidas a serem adotadas.

 

A Secretaria de Mobilidade também se organiza para lançar uma campanha educativa dentro do sistema de transporte público. São dicas para os passageiros de como se portar dentro dos ônibus e metrô, com destaque para a lavagem das mãos com água e sabão.

 

As empresas de ônibus anunciaram que estão adquirindo álcool em gel para a assepsia das mãos de motoristas e cobradores. No Metrô-DF, há mudanças operacionais previstas em função do coronavírus: os trens passam por limpeza profunda diariamente antes de entrar em operação e, no decorrer do dia, recebem higienização entre as viagens, na Estação Central. Nesta sexta-feira (13), os trens passaram a circular com janelas basculantes abertas para melhorar o fluxo de ar nos vagões.

 

Só o necessário
As aulas na Escola Pública de Trânsito do Detran-DF também estão suspensas até segunda-feira (16). À população, o departamento recomenda utilizar o Portal de Serviços da autarquia, evitando a ida desnecessária aos postos de atendimento.

 

Os 14 Restaurantes Comunitários voltaram hoje (13) ao funcionamento normal, de 11 às 14 horas. Já a Companhia Energética de Brasília (CEB) suspendeu o atendimento presencial nas agências, com exceção dos casos emergenciais motivados pela falta de energia ao consumidor, com caráter emergencial (falta de energia) ou suspensão por débito (corte), quando não for possível solicitá-los pelos canais virtuais.

 

A orientação da CEB é de que a população busque preferencialmente o atendimento pelos canais virtuais como o site e o aplicativo para smartphones CEB Distribuição.

 

Também atendendo ao pedido de evitar aglomerações, o Jardim Zoológico de Brasília optou por ficar fechado para visitação neste final de semana.

 

Missas e cultos
Ainda ontem (12), a chefia da Unidade de Assuntos Religiosos do Gabinete do Governador também emitiu comunicado a todos os líderes de diversas denominações, com o alerta para a proliferação do Covid-19.

 

Segundo o documento, apesar de as missas e cultos não estarem proibidos, as entidades religiosas precisam estar atentas às orientações da saúde pública sobre a necessidade de “evitar aglomerações e tomar medidas de contingência sanitária”, como o uso de álcool em gel, orientação para lavagem das mãos com água e sabão. Outra orientação é a de manter os ambientes de reuniões ventilados e evitar reuniões públicas em casos de gripe, resfriados e outras doenças respiratórias.

 

Fonte: Agência Brasília