Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/09/20 às 18h01 - Atualizado em 4/09/20 às 20h50

Conforto e acessibilidade durante a espera do ônibus

COMPARTILHAR

Neste ano, Semob já implantou 92 abrigos para passageiros. 13 estão em execução e mais de mil são previstos

 

Sombra, proteção contra chuva e um banco para sentar: é o que o usuário de ônibus espera encontrar quando chega ao ponto para aguardar o ônibus. E é isso que a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) tem proporcionado para os passageiros do transporte público do DF. Neste ano, 92 novos abrigos já foram entregues. Outros 13 estão em processo de implantação até outubro: dois no Gama, um em Planaltina, cinco na Ceilândia e cinco no Sol Nascente. Todos com acessibilidade – rampas de acesso, calçada nova, piso tátil e meio fio.

 

Nesta semana, atendendo a uma demanda da população, a parada de ônibus da quadra 502 de Samambaia foi substituída por uma nova. Para Wilson Alencar, morador da região, o abrigo instalado vai melhorar a vida de quem passa por lá. “Fomos atendidos e estamos felizes com a conquista, pois o abrigo é novo e mais espaçoso do que o anterior, que estava danificado. Além disso não ficaremos mais molhados durante a espera do ônibus, comemora.

 

Antes e depois de abrigo em Samambaia. Wilson Alencar comemorou a troca da estrutura

 

Já na próxima semana, será iniciada a implantação de dois abrigos na região administrativa do Gama, próximos ao hospital Regional da cidade. O local foi escolhido por ter um grande fluxo de pessoas.

 

Dora de Souza, 58, possui quiosque na cidade há 10 anos e gostou da notícia da obra, já que o usuário esperava ônibus em local sem estrutura, sujeito ao sol e à chuva.

 

“Acho a localização das novas para das em frente ao hospital trarão um benefício enorme para o passageiro. Elas ficam à vista de todos e isso evita assaltos”, relata.

 

Em 2020 também houve a revitalização de cerca de 800 abrigos localizados em 31 regiões administrativas. Neste ano, a Semob também iniciará a execução de um novo contrato para implantar mais 525 novas estruturas em concreto, reformar 650 e substituir 100. E a previsão, é que em 2021, outras 500 estruturas de fibra de vidro sejam instaladas. Em 2019, o DF recebeu 162 abrigos.

 

Área no Gama preparada para receber novo abrigo para passageiros

 

Saiba como são escolhidos os locais que recebem abrigos

Os pedidos da população feitos por meio das administrações regionais e da ouvidoria do GDF são dados muito importantes e levados em consideração para escolha dos locais onde são instalados os pontos de parada. Além disso, é necessário aval técnico da Secretaria de Mobilidade, que analisa o número de linhas e passageiros que utilizam o local, o espaço físico para implantar o abrigo e se a região oferece segurança para pedestres e motoristas.